Segunda, 23 de Outubro de 2017

Notícias - Geral


Fábrica da SCHOTT no Brasil completa bodas de diamante
A SCHOTT completa 60 anos de existência no país. A fábrica, construída no Rio de Janeiro, foi não só a primeira linha de produção no país, mas também a primeira da empresa fora da Alemanha.

Publicado em 28/05/2014
Fonte: Schott Brasil


Por acreditar na importância da planta, a empresa está investindo fortemente no futuro. Está previsto para 2015 a modernização da planta, orçada em R$ 15 milhões.

A SCHOTT completa 60 anos de existência no país. A fábrica, construída no Rio de Janeiro, foi não só a primeira linha de produção no país, mas também a primeira da empresa fora da Alemanha. Como forma de comemorar o aniversário e aumentar a produtividade, está prevista, para o próximo ano, mais uma modernização na planta, orçada em R$ 15 milhões. Nos últimos 10 anos foram investidos mais de R$ 100 milhões no local. A reforma vai aprimorar ainda mais a qualidade dos produtos.

Construída onde antes havia um campinho de futebol, a fábrica da SCHOTT Vitrofarma está localizada entre os bairros Pilares e Inhaúma, na zona norte do Rio de Janeiro. A escolha foi estratégica, levando-se em conta a elevada taxa de exportações nos negócios. Havia a necessidade de proximidade às rodovias e ao porto da cidade. No local, atualmente, trabalham cerca de 180 funcionários em uma área de 23 mil m2.

A presença da SCHOTT na região trouxe não só benefícios imediatos, como a geração de empregos, mas também criou uma rede de consumo, com surgimento de supermercados, restaurantes, escolas e diversos estabelecimentos comerciais. “Promovemos projetos esportivos, cursos de informática e artesanato, visita às escolas com projetos educativos sobre o meio ambiente, além de visitas à fábrica. Assim, conseguimos estreitar os laços com a comunidade e manter uma boa convivência”, explica Jörg Wagner, diretor técnico da SCHOTT Vitrofarma e chefe da planta no Rio, que atua a 20 anos na empresa.

O surgimento da fábrica
A história da fábrica começou na década de 40. Em 1944, o alemão Arnold Dyckerhoff veio estabelecer-se no Rio de Janeiro e adquiriu a Vitronac, fábrica de ampolas de vidro. Após algum tempo, Dyckerhoff teve a ideia de produzir seus próprios tubos de vidro, ao invés de comprá-los de terceiros. Sua família era amiga dos Schott na Alemanha e, por isso, entrou em contato com eles. A empresa enviou alguns técnicos ao país e a produção teve início.

Oito anos depois, o empreendimento foi registrado com o nome de Vitrofarma Indústria e Comércio de Vidros Farmacêuticos Ltda. e, mais tarde, como Vitrofarma Indústria e Comércio de Vidros S.A. Em 1954, a SCHOTT se interessou mais pelo negócio nacional e adquiriu parte do capital, transformando-o em ações. Nos anos seguintes, a empresa comprou o restante das ações e, em dezembro de 1996, passou a deter 100% do controle da fábrica. Em 1997, a razão social mudou para SCHOTT VitrofarmaLtda e, em outubro de 2001, passou para SCHOTT Brasil Ltda. – Divisão Vitrofarma, como é chamada até hoje.

Líder no segmento
O crescimento da empresa foi grande ao longo destes anos. Desde 1999, a empresa focou sua estratégia de crescimento na fabricação de tubos de vidro neutro especiais para a indústria farmacêutica e se tornou presente no dia-a-dia das pessoas nas embalagens de medicamentos e vacinas.

Anteriormente, a SCHOTT Vitrofarma produziu material para indústrias de lâmpadas fluorescentes e incandescentes e vidraria para laboratórios.
Com funcionamento ininterrupto, 24 horas por dia, 365 dias por ano, lidera o mercado nacional e ainda exporta. É a única empresa desse segmento na América do Sul e Central e os principais mercados são México, Argentina, Estados Unidos e Colômbia. A produção segue as altas normas internacionais de Qualidade (ISO 9000), Meio Ambiente (ISO 14000), Produção Farmacêutica (GMP – Good Manufactering Practice ISO 15378) e Saúde e Segurança e Patrimônio.

Além do Brasil, conta com unidades fabris na Europa e na Ásia. Para Patrick Markschläger, vice-presidente executivo da divisão de tubos da SCHOTT, o sucesso da empresa em solo nacional é o espelho do comprometimento que a companhia possui com seus clientes e produtos. “Estar funcionando há 60 anos é um privilégio para poucos. Este sucesso só é possível graças ao empenho da mistura entre a qualidade e a tecnologia dos nossos meios de produção com a dedicação dos nossos funcionários”, diz.

Sobre a SCHOTT
SCHOTT é um grupo internacional com mais de 130 anos de experiência em áreas de vidros especiais, materiais e tecnologias avançadas. A SCHOTT é líder mundial em diversos segmentos. Seus mercados principais são as áreas de aplicação em tecnologias para o lar, farmacêutica, eletrônicos, óptica, transporte e arquitetura.

A empresa é fortemente comprometida em contribuir com o sucesso de seus clientes e em fazer da SCHOTT uma importante parte da vida das pessoas, com produtos de alta qualidade e soluções inteligentes.
A companhia gerencia seus negócios de maneira sustentável. Apoia funcionários, sociedade do entorno e meio ambiente. O Grupo SCHOTT mantém uma relação próxima com seus clientes por intermédio de unidades fabris e de vendas em 35 países. Sua força de trabalho de 15,4 mil funcionários garante a comercialização em nível mundial de € 1,84 bilhões (ano fiscal de 2012/2013). SCHOTT AG, com sede em Mainz (Alemanha) é de propriedade da Carl Zeiss Foundation.

Informações para a imprensa
VIANEWS Comunicação Integrada
11- 3868-0188
Cassia Larrubia – cassia.larrubia@vianews.com.br
Rafaela Mello – rafaela.mello@vianews.com.br



Tag(s): Schott Brasil, 60 anos;

Leia também
  • Analitica
  • FCE Pharma
  • FCE Cosmetique
  • Sindusfarma
  • SBCC